Exercício para a menopausa

Exercício para a menopausa

A menopausa é a parada completa da menstruação de uma mulher como resultado da interrupção da função ovariana. Diz-se que uma mulher atingiu a menopausa se pelo menos 1 ano se passou desde a última menstruação. Há também um período de pré-menopausa, que vai do início da menstruação irregular até a última menstruação, e o período de pós-menopausa, que começa um ano após a última menstruação. Os períodos de pré-menopausa e menopausa também são chamados de menopausa. Muitos acreditam que com o início da menopausa e depois dela, a vida da mulher termina. Não é assim, a vida está apenas começando. Um conjunto especial de exercícios que devem ser realizados durante a menopausa contribui para uma sensação de estabilidade e estabilidade, ajuda a manter a mente e os nervos calmos na altura das flutuações dos níveis hormonais, acalma e restaura as forças.

Exercício número 1

Posição inicial – deitado no chão, braços estendidos ao longo do corpo e pernas cerradas. Levante ambas as pernas em um ângulo de 15 ° em relação ao chão. Contraia os músculos da panturrilha, estendendo os pés para a frente. Retorne à posição inicial. Repita o ciclo 4-5 vezes.

Exercício número 2

Posição inicial – ajoelhado, braços estendidos nas costuras.

Faça curvas para a esquerda e para a direita, com cada inclinação esticando os braços à sua frente e inclinando o corpo para a frente e para baixo. Execute 7 a 10 curvas em cada direção.

Exercício número 3

Posição inicial – deitado no chão, segurando a bola entre as pernas.

Segurando a bola com os pés, levante as pernas 10 vezes seguidas acima do chão em um ângulo de 15 °. Realize a elevação enquanto inspira, retornando à posição inicial ao expirar.

Exercício número 4

Posição inicial – em pé, com as pernas bem afastadas.

Prenda as mãos em uma “mecha” à sua frente e pressione levemente as palmas sobre o estômago. Sem mudar a posição das mãos e pés, faça 5 a 6 agachamentos incompletos.

Exercício número 5

Posição inicial – em pé, com as pernas bem afastadas.

Leia também: Realivie

Prenda as mãos em uma “mecha” atrás das costas e pressione levemente as palmas na parte inferior das costas. Sem alterar a posição das mãos e dos pés, execute 7 a 8 flexões para frente.

Exercício número 6

Posição inicial – deitado de lado, apertando as pernas, deitado um em cima do outro.

Dobre a perna deitada por cima do joelho, depois estique-a sem pausa, realizando um balanço energético para frente (perpendicular ao corpo). Repita o ciclo 3-4 vezes, depois role para o outro lado e faça o mesmo com a outra perna.

Exercício número 7

Deite de costas. Junte os pés, estique as pernas. Dobre a perna direita na altura do joelho, coloque o cinto sobre o pé direito, pegando uma ponta do cinto em cada mão. Ao expirar, estenda a perna direita em direção ao céu. Mantenha a perna esquerda reta e firme no chão e relaxe o estômago, a garganta e o rosto. Ao expirar, dobre a perna direita na altura do joelho, remova a correia e estenda as duas pernas ao longo do chão. Faça o mesmo com a perna esquerda.

O exercício regular fortalece as articulações do quadril e aumenta sua flexibilidade, ajuda a alinhar a posição do sacro e da região lombar e alivia a dor na região lombar.

Exercício # 8

Enquanto estiver na posição do exercício # 7, segure as duas pontas da alça com a mão direita, expirando, abaixe o braço direito e a perna direita para a direita.

Por conveniência, a perna esquerda (pé) pode ficar apoiada na parede. Pressione a parte superior da coxa esquerda e a omoplata esquerda contra o chão. Respire de maneira uniforme e calma, sem prender a respiração. Com uma inspiração, volte a perna para cima. Repita a pose com a perna esquerda.

Melhora a circulação sanguínea nas pernas e na pelve.

Exercício número 9

Fique em pé no tapete, a uma distância de um metro da parede, pés na largura do quadril, braços ao longo do corpo. Ao inspirar, estique os braços para cima. Ao expirar, abaixe os braços e o corpo até uma posição paralela ao chão e coloque as palmas das mãos na parede. Mantenha sua coluna ereta. Enquanto empurra a parede com as palmas das mãos, alongue toda a coluna paralela ao chão. Segure por 30 segundos. Para os treinados: Estenda a perna para trás. É importante manter os quadris

paralelos ao chão e a perna não mais alta do que a coluna. Ao inspirar, levante-se e estique os braços em direção ao teto.

Ao expirar, abaixe os braços.

Ajuda com dores abdominais. Fortalece os órgãos pélvicos, por muito tempo, até 2 minutos na postura, alivia os quadros depressivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *